Conceito de sociedade em rede (introdução)

Uma vez que a minha pesquisa trata a identidade do rap português na rede, foi-me impossível não abordar o conceito de sociedade em rede. Não explicarei o conceito de uma forma densa, mas como provavelmente irei citar a teoria mais do que uma vez, não custa perceber de onde isso vem…

Manuel Castells disse que a internet “es un medio de comunicación que permite, por primera vez, la comunicación de muchos a muchos”. Ela possibilita então a formação de uma grande rede de comunicação. Não quero aqui dizer que redes de comunicação não existiam antes da internet, mas que esta base tecnológica da era da informação impulsionou e organizou essas redes, numa nova dinâmica através da comunicação mediada por computador (CMC). O autor faz ainda uma comparação de importância entre a internet e a rede elétrica na era industrial, equiparando-as.

A teoria de sociedade em rede de Manuell Castells (1996-2000), apesar de ser pré redes sociais de massa como Facebook e Twitter, é ainda uma base sólida para introduzir o que significa estar online. Esta teoria serve também para fundamentar um contexto mais amplo e global em que a internet se insere, ou seja, uma realidade e quotidiano tecnológico que avança(va) rapidamente.

Os humanos recorrem consecutivamente à tecnologia para mudar a sociedade, e esta acaba por ajudar a transformação de uma mundividência que ela promoveu anteriormente. Assim os seus utilizadores se apropriam da tecnologia para amplificar uma nova mundividência. A internet trouxe uma nova visão perante a interação humana e consumo de mídia, pois a comunicação mediada por computador trouxe a ideia do virtual, que por si só, traz questionamentos quanto à possível variação de uma identidade coletiva ou individual, e suas consequências. Assim como outras tecnologias decisivas no passado (roda, máquina a vapor, rede elétrica, etc.), a internet tem sido importante para a recente configuração social em que vivemos.

Este alicerce digital e virtual é a base da sociedade em rede de Castells. Esta sociedade usa recentes tecnologias que os capacitam de meios para se comunicar e informar, transcendendo o espaço e tempo. Através da internet podemos dialogar com pessoas de qualquer parte do mundo, trabalhar remotamente, mantermo-nos atualizados das últimas notícias sobre um local do outro lado do globo, entre muitas opções em rede que nos mantêm interconectados. No entanto, este modelo requer que a sociedade também mude e se adapte.

Por hoje está bom de teoria! Num outro post irei falar da internet como um meio na sociedade em rede. Estes conceitos vão ser úteis quando tratarmos do rap tuga na rede.

Davide Gravato

Fonte:
– Manuel Castells (2001) La Galaxia Internet. Areté.
– Manuel Castells (2005) A sociedade em rede. (8 ed.) São Paulo: Paz e Terra
– Davide Gravato (2016) Rap em Portugal: comunidades online, lógicas de comunicação e posicionamentos identitários na internet

Nota: Este conteúdo irá estar disponível na versão final da minha dissertação, que, assim que terminada, estará disponível para download gratuito aqui no Rede Hip-Hop.

Anúncios

Primeiros capítulos entregues…

Hoje entreguei os primeiros capítulos da minha dissertação. Até ao final deste mês devo entregar mais dois. Não estou propriamente adiantado, mas acho que acabarei a tempo.

Há uns tempos fiz um sumário temporário sobre a dissertação, onde postei um index sobre os capítulos, etc. Posso dizer que esse índice já está desactualizado, e assim que a minha orientadora der o OK, irei postar a versão final.

Começarei então a publicar aqui algumas coisas sobre internet, comunicação e Hip-Hop… tópicos esses relacionados com a dissertação. Decidi também que não vou complicar muito quanto aos aspectos mais académicos/teóricos. O blogue será mais direccionado para um público-alvo que gosta de Hip-Hop, mas também de ler mais qualquer coisa que as letras das músicas. Não faz sentido fazer um blogue de Hip-Hop apenas, pois não é esse o meu focus. Também não faz sentido publicar muita teoria e base académica, e tentar chegar até à comunidade Hip-Hop…

É isso… só para me habituar a postar mais.

Até mais!